30 de mar de 2011

Let Go! | curiosaMENTE.





Hey, sentiram minha falta?
Bem, minha ultima aparição por aqui foi sobre o Carnaval, e depois desses dias alegres e coloridos, tivemos outros feriados e datas importantes das quais eu queria ter comentado (como o dia da mulher, dia da Água & Hora do Planeta), mas vou confessar que fiquei com preguiça e quando chegava da escola, por mais que eu tentasse resistir, eu ia dormir. Óbvio que houve dias que eu fiz coisas realmente interessantes, como ler, estudar ou ficar andando pelo centro da cidade...
Foram TRÊS SEMANAS sem postar. Que horror! Ando ficando preguiçosa... E como hoje eu continuo do mesmo jeito, eu vou fazer um post sobre uma prática que todos temos: a PROCRASTINAÇÃO.

Até que essa palavra é bonitinha, mas sua prática pode resultar em estresse.
Procrastinação é o ato de deixar tudo para depois (como eu faço), é um distúrbio mental e psicológico (não, isso não significa loucura).
Geralmente, os 'procrastinadores' não passam apenas de meros preguiçosos que têm a mesma mania que eu, deixar tudo para depois. Mas também há casos de isso ser sintomas de depressão ou algo mais sério.
Caso você esteja se sentindo desanimado, cansado ou outra coisa que te dê motivos para falar: 'Ah, depois eu faço' e isso for muito frequente, talvez seja hora de procurar um médico.

Caso o contrário há algumas dicas que você pode seguir para se livrar desse hábito.

1- Não siga o meu exemplo e seja uma pessoa FOCADA
Quando estamos procrastinados, nós temos a tendência de pular de uma coisa e nunca terminar algo. Um exemplo muito comum é você está assistindo TV, mas lembra que tem que fazer o dever de casa, você vai para o PC e consulta na internet algo que tem dúvida, enquanto a página está abrindo você abre outra guia e entra no Twitter, facebook, orkut, dá um "Hello" no MSN, enfim, deixa a lição para depois e ainda por cima volta para frente da televisão para ver se tem algo interessante passando.
2- Divida em pequenas partes
Sim, as vezes a preguiça vem porque fazemos algo muito complexo e grande e com certeza não dá vontade de terminar, então nós muitas vezes 'empurramos com a barriga' e acabamos deixando cada vez mais atrasado. Então, ao invés de apenas deixar tudo para última hora, que tal dividir tudo em pequenas partes e em vários dias. Mas se por um acaso for uma coisa muito importante, faça, não pensando em quando vai terminar, mas como aquela coisa pode ser essencial e de certa forma interessante.

3- "Se fizer a lição ganha sorvete!"
Sábia a pessoa que inventou essa frase, pois muitas vezes funciona. Pense em algo que você queira muito e crie a regra que você só vai ganhar se terminar as sem preguiça. Peça para alguém te ajudar e te dar a 'recompensa' apenas quando a tarefa for finalizada. Ah, e vale tentar quebrar seu recorde, além de tudo isso estimula sua criatividade e espírito competitivo.

E se nada acima der certo, crie você mesmo uma dica que irá te ajudar. É como ler um livro, muitas vezes o começo pode ser horrível, mas o fim aguarda uma ótima surpresa.

KüssesKüsses

6 de mar de 2011

Abre alas que eu quero passar

Definição Rápida para adeptos da folia: Carnaval, aqueles quatro dias que as pessoas se divertem, bebem pra caramba e sambam até ficarem com dor nos pés.
Definição Rápida para NÃO ADEPTOS da folia como eu: Carnaval, na verdade a real data dele é na terça feira, mas as pessoas fazem questão de nos irritar três dias antes da data original com músicas que NÃO NOS DEIXAM DORMIR.
Definição do Wikipédia: Carnaval, é um período de festas regidas pelo ano lunar no cristianismo da Idade Média. O período do carnaval era marcado pelo "adeus à carne" ou "carne vale" dando origem ao termo "carnaval". Durante o período do carnaval havia uma grande concentração de festejos populares. Cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. (leia mais)

Vou ser bem direta nesse post, não importa se todos a minha volta gostarem desses dias tão... diferentes. O que importa é que eu e pelo menos 60% das pessoas que eu converso, NÃO gostam dessa data festiva. Mas parece que o mundo conspira contra nós e somos obrigados a suportar a alegria alheia.
E então você me pergunta: Será que aquele ditado "Se não pode vencê-los junte-se a eles" vale para o carnaval? Obvio que não, tem coisas mais legais do que ver as pessoas correndo atrás de trio elétrico na TV, rua ou internet.
Então eu te dou algumas diquinhas de como você pode curtir esses quatro dias numa boa.

1-Cansou do Orkut e MSN:
Quem não tem twitter faça um. É uma ótima maneira de você saber o que acontece a sua volta, falar o que você pensa e ser feliz em 140 caracteres.
2-Ouça o som que VOCÊ gosta:
É uma ideia não muito original, mas as vezes nós nos esquecemos das músicas que nos fazem sorrir. Faça uma Playlist com muitas músicas que você curta compre um fone de ouvido, caso você não tenha um, e seja feliz. Assim quando aquele seu vizinho chato colocar Parangolé no ultimo volume, você não vai escutar e vai estar feliz, com o que VOCÊ quer escutar. (Aos interessados, minha Playlist contém: Panic! At The Disco, Lady Gaga, Simple Plan, Slipknot, Marilyn Manson, Katy Perry e etc.)
3-Faça um blog:
E escreva nele tudo o que você quer, não importa se as pessoas vão ler, mas você vai ver que depois de "dizer" tudo o que está intalado no seu coração, você vai se sentir muito melhor.
4-Assista um filme:
Um filme beeem chato, e assim você seguirá para a última dica...
5-DURMA MUITO!
se o filme está chato e você não conseguiu dormir a noite porque um abestado ficou com Zeca Pagodinho no ultimo volume, DURMA, porque o lema do carnaval é: faça a noite, descanse de dia.

Tudo o que eu escrevi pode ter sido uma coisa muito inútil, mas a dica três também se aplicou a mim.
Agora me sinto bem melhor e mais inspirada para escrever um post mais interessante.
P.S. Vou fazer um mini post falando sobre o Carnaval de Veneza e as festas antigas.

Beijos coloridos com confetes