4 de jun de 2011

O Papel | reflexão.



A escuridão cercava o cemitério. Uma sombra e apenas um movimento se distinguia em meio aquelas lápides sem vida.
Apenas mais alguém tentando fugir da realidade cruel.

A menina de cabelos castanhos encaracolados, olhos tristes e amendoados queria acreditar, pelo menos pela última vez, que todos os comentários sobre a vida NÃO ser bela, serem mentira. Porém ela estava começando a desacreditar no mundo, nas palavras... Nela mesma.
Ela deixou de ver o lado bom das coisas, e aprendeu a dar mais valor em deduções sem fundamentos... Então foi ao único lugar aonde pudesse ficar sozinha.